Buscar
  • Proa Arquitetura

AS RELAÇÕES CLIENTE-EMPRESA E EMPRESA-FUNCIONÁRIOS NO PERÍODO DO HOME OFFICE


A pandemia do COVID-19 determinou algumas alterações de hábitos pela população, dentre elas o isolamento social, que ocasionou a transferência de muitos escritórios para o sistema home office. Diversos foram os desafios encontrados pelas empresas para garantir a boa produção e diminuir os impactos negativos gerados pela crise instaurada. Um desses desafios foi o contato cliente-empresa e empresa-funcionário que se viu afetado pela necessidade do distanciamento social.


No ramo de arquitetura esse fator é indispensável na dinâmica do dia a dia dos escritórios. O contato com clientes é extremamente necessário para que o projeto obtenha toda a personalidade desejada e as reuniões entre equipe de profissionais se faz essencial para alcançar tais objetivos. Mas como ficaram essas questões diante do cenário encontrado em 2020?


De acordo com a revista eletrônica “HAUS” do jornal “Gazeta do Povo”, existem três pilares fundamentais para que o contato seja mantido: organização, planejamento e tecnologia. A tecnologia é a primordial delas, pois permite a junção dos outros dois pontos.


Para o contato cliente-empresa é fundamental o alinhamento constante. A troca de e-mails, mensagens rápidas e a utilização de ferramentas para videoconferências foram as principais alternativas encontradas. Esse cenário ainda não é o ideal e nem substitui por completo as reuniões presenciais, principalmente para apresentações e fechamentos de projeto. No entanto, são boas soluções que permitirão inclusive a expansão dos escritórios para outras cidades e estados.


Outra questão importante na relação cliente-empresa está na captação de novos clientes pelos escritórios de arquitetura. Segundo matéria trazida pelo site “nsc total”, a busca por clientes no meio digital aumentou consideravelmente no período da pandemia, mostrando como é necessária uma ação por parte da empresa de arquitetura, também, nas suas plataformas digitais. A criação de sites e contas em redes sociais permitem a divulgação do trabalho (e da identidade do escritório) e permite um alcance maior no número de pessoas, levando ao escritório uma gama maior de clientes.


Já na questão empresa-funcionários alguns dos pontos levantados como essenciais nesse período de pandemia são: uma rede social interna para contato constante de toda equipe, que possa manter todos unidos e motivados, além de levar à empresa alguns momentos de descontração; reuniões diárias, porém objetivas, para garantir a produtividade de cada um; o uso das videoconferências para eliminar dúvidas e mostrar resultados, que permitam o compartilhamento de telas, podendo assim haver diálogo entre os colaboradores; e, especialmente para arquitetura, o uso das plataformas BIM que permite trabalho simultâneo em um único projeto.


Além dessas questões mais técnicas, muitas empresas têm adotados encontros virtuais descontraídos para que o contato entre funcionários e o convívio seja, um mínimo, restabelecido e para que todos possam passar por esse momento atípico da melhor maneira possível.


Por, Julia Vasconcellos.


REFERÊNCIAS:

https://www.gazetadopovo.com.br/haus/manifesto-haus/os-desafios-de-gerenciar-escritorios-de-arquitetura-e-design-em-plena-pandemia/

https://www.nsctotal.com.br/noticias/em-epoca-de-pandemia-presenca-digital-e-diferencial-para-os-profissionais-de-arquitetura-e

https://editoraolhares.com.br/janela/pandemia-jeito-de-trabalhar/

20 visualizações

Proa Arquitetura Integrada | Avenida Água Verde 595,  CEP 80620-200, Curitiba, PR

  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube