Buscar
  • Proa Arquitetura

ARQUITETURA INTEGRADA COM ESPAÇOS DE TRABALHO- PARTE 2

No post anterior fizemos um breve histórico sobre a evolução dos espaços corporativos e seus objetivos. Mas como desenvolvemos nossos projetos corporativos?

Nosso foco no projeto corporativo, é criar local de trabalho de alto desempenho, que incentive a produtividade, a colaboração, a satisfação, que tenha alta performance, que ofereça uma experiência de trabalho elevada para as pessoas e que ajude a alcançar seus objetivos estratégicos.


Cada escritório é único, projetado especificamente para o trabalho de indivíduos e organizações únicas. Hoje ao invés do Home office, temos o office home, escritórios com cara de casa., onde os colaboradores se sintam confortáveis e bem recebidos.


Mas esta receita funciona para todos? Não!! O projeto de um escritório deve começar com uma análise cuidadosa das pessoas e de seu trabalho. Não existe uma solução única para todos os tipos de empresa nem para todos os ambientes de uma mesma empresa. A solução para cada organização deve necessariamente ser diferente com base nas aspirações e necessidades de seus trabalhadores. Para conseguir um ambiente de trabalho ideal precisamos fazer  uma pesquisa detalhada da equipe, suas funções e relações, com o objetivo de criar um ambiente ofereça às pessoas as ferramentas, o espaço e a liberdade para executar seu trabalho da forma que melhor lhes convier.


Uma vez definidas as diretrizes e os propósitos, procuramos possibilitar que os indivíduos façam seu melhor trabalho. Não existe um escritório perfeito, e totalmente arrumadinho, não tentaremos criar um. Pelo contrário, um ambiente de trabalho ideal é aquele que antecipa, possibilita, incorpora e, até certo ponto, contém esse caos gerado pelas pessoas que o ocupam. 


Um escritório de sucesso tem um importante papel na facilitação e manutenção de um equilíbrio simbólico entre os indivíduos e seus times,  conecta as pessoas ao seu trabalho e umas às outras. Os locais de trabalho devem facilitar relações que não podem ser realizadas através da tela do computador ou por meio de um dispositivo. Neles deve proliferar uma atmosfera de confiança e companheirismo. Para que todos os trabalhadores atinjam seu potencial, o time deve sempre se sentir como uma comunidade que vale a pena pertencer.


Com isto em mente,  nossa preocupação no projeto corporativo,  vai muito além da distribuição do mobiliário e da ergonomia e com este objetivo trabalhamos alguns pontos que vão levar a um bom resultado, ajudando inclusive na retenção dos talentos na empresa.


1. Iluminação natural, se possível com janelas do piso ao teto -segundo um estudo de 2014, publicado no Journal of Clinic Sleep Medicine,  os funcionários que desfrutam de mais luz, especialmente luz natural durante o dia tem maior probabilidade de serem mais SAUDÁVEIS e de manterem o bom humor.


2. Tratamento acústico, com foco na TRANQUILIDADE. Áreas mais isoladas, tanto em relação à acústica quanto ao visual, tendem a favorecer os trabalhos que exigem concentração. O uso de pequenas salas de reunião e boots, favorecem este  isolamento e concentração, quando necessários.


3. Ventilação natural  - além de gerar economia com a dispensa do uso do ar condicionado, a ventilação natural cria um ambiente de trabalho mais saudável, trazendo bem estar e CONFORTO.


4. BIOFILIA - Uso de  plantas  - (mais tarde este tema será abordado com mais profundidade). Os seres humanos anseiam o ar livre,  e os estudos comprovam a melhoria da qualidade de vida nos ambientes com o uso da Biofilia. De acordo com o site Human Spaces,  estes ambientes tiveram 6% de melhora na produtividade, 15% de melhora na criatividade e 15% de aumento na sensação de BEM ESTAR. 


5. AUTONOMIA - buscamos liberdade em nossas ações e decisões. A liberdade por exemplo, de poder escolher como, onde e em que horário trabalhar são uma forte tendência para as empresas do futuro. Espaços livres que facilitam a circulação e as trocas de conhecimento, tendem a facilitar os processos. Espaços de estar e encontro, portanto, são importantes aliados para compreendermos melhor o comportamento das pessoas e os fatores que fazem com que se sintam física e emocionalmente confortáveis em determinados tipos de espaços.


6. PERTENCIMENTO - Vários estudos comprovam a ligação entre o bem estar e o sentimento de estar conectado com algo. Nossa qualidade de vida melhora muito quando nos sentimos conectados e valorizados. Os espaços de convivência e descompressão dos escritórios favorecem esta conectividade. Configurações flexíveis que vão desde pequenas salas silenciosas até grandes espaços de conferências fomentam a colaboração e inspiraram a criatividade. É importante ressaltar que equipes colaborativas e unidas tendem a alcançar ótimos desempenhos se comparadas às demais


7. PROPÓSITO - Assumir um papel no mundo, na sociedade, no ambiente de trabalho são fundamentais para a felicidade. A tendência do mercado é que o salário perca força na hora de segurar um profissional a um emprego que não faça sentido ou que não esteja conectado às suas aspirações pessoais.


Por, Ana Vilas Bôas

1 visualização

Proa Arquitetura Integrada | Avenida Água Verde 595,  CEP 80620-200, Curitiba, PR

  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube